EDITOR CHEFE : Alexandre França
EDIÇÃO E FOTOS EXCLUSIVAS : André Reis
ILUSTRAÇÕES : Elizabeth Shimaru, Hélio de Lima
COLABORAÇÃO : Vânia Beatriz A. Vilela

terça-feira, 21 de outubro de 2014

"PUMEZA"

por André Reis



Pumeza Matshikiza (nascida na Cidade do Cabo), é uma Soprano de ópera Sul-Africano.


Pumeza estudou na University of Cape Town College of Music, em seguida, no Royal College of Music, em Londres com uma bolsa integral de três anos e no Programa Jovem Artista na Royal Opera House, Covent Garden, onde ela fez sua estréia como uma donzela em flor Parsifal . Vencedor do concurso de canto Veronica Dunne Internacional em Dublin em 2010, Pumeza mais tarde se juntou a Opera Stuttgart onde ela tem sido parte do conjunto de tempo integral desde 2011.


Assinou com a gravadora com sede em Londres Decca em 2013, gravando o seu álbum de estreia, Pumeza - A Voz da Esperança, no Abbey Road Studios.

Ela cantou um dos Inocentes na première de 2008 Harrison Birtwistle de O Minotauro , e seu primeiro grande papel foi o de Mimi no Festival de Edimburgo em 2010, em uma produção da Opera Bohemia. Lá, ela foi descrita como "a verdadeira estrela do show.... que desempenha o papel de Mimi... com uma voz rica e brilhante. Ela também cantou no casamento de Albert II, príncipe de Mônaco, e Charlene Wittstock, acompanhada pelo guitarrista francês Eric Sempe e percussionista Patrick Mendez.



Pumeza realizou uma versão de " Freedom Come-All-Ye "na cerimônia de abertura dos Jogos da Commonwealth de 2014, que foi vista por um bilhão de pessoas em todo o mundo. A canção refere-se a Nyanga, um dos mais antigos bairros negros na Cidade do Cabo, que é também um dos lugares onde Pumeza cresceu como uma criança. Falando sobre a música depois, ela disse: "A música [...] não é que eu estava mesmo ciente até que fui dado a ensaiar, mas é tão linda que eu amo o que a música significa -.. liberdade e igualdade para todos, independentemente de raça ou classe social e nacionalidade "



Nenhum comentário:

Postar um comentário