EDITOR CHEFE : Alexandre França
EDIÇÃO E FOTOS EXCLUSIVAS : André Reis
ILUSTRAÇÕES : Elizabeth Shimaru, Hélio de Lima
COLABORAÇÃO : Vânia Beatriz A. Vilela

terça-feira, 8 de outubro de 2013

"A CANASTRA DA EMÍLIA"

por Alexandre França


Para além de tantos personagens sedutores existentes na literatura brasileira, uma em especial sempre me atraiu. A sapeca Emília do Sitio do Pica Pau Amarelo. Espevitada que só, cheia de energia, colecionadora de ideias, experimentadeira de mão cheia. Curiosa, sempre se permitiu descobrir coisas. Associadora de pensamentos, liberta de pré–conceitos. Cabelos alaranjados (amarelos + vermelhos). Estudiosos dizem ser o alter ego de Monteiro Lobato. Me reconheço nela. Sua canastra (ou bauzinho pra guardar coisas) é um mini imaginário ateliê artístico. Coleciona cores, formas, objetos inusitados, descartes, preciosidades desvaloradas, pedacinhos de inteiros, pontas de icebergs, sementes em hibernação. Caixinha de segredos adormecidos, memórias especiais, vontades de fazeres. Muita gente tem sua canastra. Arquivos de vida, coleções de escolhas. Uma boneca tão intensa de criatividade pode ser espelho de muitas pessoas, e talvez por isso seja sempre atemporal, imortal, sempre geradora de sentidos. Todo sábado de manhã continuo vendo o novo desenho da turma do Sítio do Pica Pau Amarelo. Que toda criança tenha chance de ser um pouco Emília na vida !




Nenhum comentário:

Postar um comentário