EDITOR CHEFE : Alexandre França
EDIÇÃO E FOTOS EXCLUSIVAS : André Reis
ILUSTRAÇÕES : Elizabeth Shimaru, Hélio de Lima
COLABORAÇÃO : Vânia Beatriz A. Vilela

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

"MASSOTERAPIA"

por Victor Ferreira


A massoterapia tem desempenhado um papel importante nos cuidados gerais de saúde para muita gente, principalmente no mundo estressante como o que vivemos hoje. A massoterapia, como o nome sugere, consiste no tratamento ou terapia através de massagens e pode ser aplicada a diferentes partes do corpo ou de forma contínua em todo o corpo, para aliviar o stress e a tensão, diminuir as dores musculares, controlar a dor, eliminar traumas físicos, melhorar a circulação sanguínea e flexibilidade, promover a saúde e bem-estar e também melhorar a qualidade de vida.



A massoterapia engloba os mais diversos tipos de massagens, tanto de origem ocidental como oriental. Algumas das técnicas utilizadas na massoterapia são: Massagem Relaxante, Terapêutica, Desportiva, Estética, Drenagem Linfática, Reflexologia Podal, Auriculoterapia, Quick Massage entre outras.


A partir de hoje irei falar um pouco de cada técnica utilizada na massoterapia.


Drenagem Linfática Manual

A principal função da Drenagem Linfática Manual é o edema, inchaço. O sistema linfático funciona paralelamente ao circulatório. É formado por uma grande rede de vasos, distribuídos por todo o corpo, coletando os líquidos dispersos, filtrando e direcionando-os para circulação sanguínea. Desta maneira, a drenagem atua com manobras que levam estes líquidos para as estruturas responsáveis em coletá-los.

A massagem é realizada através de pressões leves. É importante frisar que o método não é doloroso, tampouco deixa hematomas (roxos na pele).

Não se deve utilizar em uma única sessão Drenagem Linfática Manual e a Massagem modeladora ou estética, conhecido em muitos lugares por dreno-modeladora, porque uma técnica invalida a outra. Deverá ser feita uma ótima sessão de modeladora ou redutora e em outro momento a drenagem linfática.

Não se utiliza cremes e óleos na drenagem linfática, porque os movimentos são de bombeamentos e não deslizes.

A drenagem linfática costuma ser muito indicada durante a gravidez, já que a retenção de líquidos é uma das características mais marcantes nesta fase da vida da mulher. Isso acontece porque, durante a gestação do novo ser, o corpo da mamãe aumenta o volume sanguíneo em quase 50%, fazendo com que os líquidos dos capilares transbordem, causando o inchaço. Quando este líquido extravasa para o corpo em grande quantidade, o organismo sozinho não consegue fazer a coleta.

Na gravidez, a drenagem somente pode ser realizada por um profissional especializado em gestantes, pois a massagem requer alguns cuidados fundamentais e algumas adaptações para o benefício da mãe. A grávida precisa, inclusive, de uma prescrição médica para o início do tratamento.


Contra indicações:

*Febre

*Neoplasia

*Varizes com risco de embolia

*Hipertenso não controlado

*Inflamação aguda

*Infecções

*Insuficiência respiratória, cardíaca e renal

*cálculos renais 

*Adenopatia Satélite ( íngua)

*Trombose

Entre outros.



Consulte seu médico antes de qualquer tratamento alternativo.



Para maiores informações, inclusive bibliográfica, entre em contato.


Nenhum comentário:

Postar um comentário