EDITOR CHEFE : Alexandre França
EDIÇÃO E FOTOS EXCLUSIVAS : André Reis
ILUSTRAÇÕES : Elizabeth Shimaru, Hélio de Lima
COLABORAÇÃO : Vânia Beatriz A. Vilela

segunda-feira, 15 de julho de 2013

"CAPIM DOURADO"

por Alexandre França


Ter próximo de nós, objetos produzidos com materiais vindos da natureza é uma forma de parceria a respeito do mundo que co-habitamos. É evidente que o cuidado da retirada desses materiais do meio deve ser de extrema cautela. Assim é com o capim dourado, uma espécie de sempre-viva que ocorre na região do Jalapão e Tocantins, localizado no estado do Tocantins. Com sua palha variado artesanato é produzido: pulseiras, brincos, chaveiros, bolsas, cintos, vasos, peças de decoração entre outros.


Sua característica principal é a cor que lembra a do ouro. A principal localidade, onde começou o desenvolvimento da produção artesanal, é Mumbuca em Tocantins, um vilarejo localizado no município de Mateiros. Atualmente esses artesanatos são produzido em outras localidades da região do Jalapão.


O Capim Dourado só pode ser colhido entre 20 de Setembro e 20 de Novembro para que não entre em extinção. Existem regulamentações no estado do Tocantins que proíbem a saída do material "in natura" da região, somente em peças já produzidas pela comunidade local, visando assim a sustentabilidade ambiental, social e econômica do local.


O artesanato Capim dourado foi mostrado pela primeira vez a um grande público em 1993 na primeira FECOARTE (Feira de Folclore, Comidas Típicas e Artesanato do Estado do Tocantins) em Palmas Tocantins.


Atualmente, as peças já produzidas em capim dourado podem ser encontradas em diversas partes do Brasil.



Nenhum comentário:

Postar um comentário