EDITOR CHEFE : Alexandre França
EDIÇÃO E FOTOS EXCLUSIVAS : André Reis
ILUSTRAÇÕES : Elizabeth Shimaru, Hélio de Lima
COLABORAÇÃO : Vânia Beatriz A. Vilela

quarta-feira, 13 de março de 2013

"BIOMBOS, UM JEITO DE CRIAR NOVOS ESPAÇOS"

por Alexandre França



Tem hora que queremos ou precisamos de um espaço diferente em casa ou no trabalho. Pode ser para mudar o ambiente ou por necessidades específicas: um cantinho mais sossegado, um lugar de menor visibilidade, uma área reservada....


Criado na china, o biombo foi introduzido no Japão no século VIII quando os japoneses começaram a fazê-los influenciados pela cultura dos chineses. Deram o nome de BYO (proteção) - BU (vento). Exatamente para designar proteção contra o vento, sua finalidade inicial.


Sempre decorados com pinturas e caligrafias orientais, eles se difundiram e se tornaram divisores de espaços.


Atualmente, ganharam ainda novas funções sendo também usados em cabeceiras de camas, como limitadores visuais em trocadores e closets, como espelhos, como auxiliares e organizadores em cozinhas e oficinas, ou somente como um acessório decorativo.


Podem ser feitos de diversos tipos de materiais como madeira, bambu, vidro, espelho, ferro, tecidos, gravetos e mais uma enorme variedade de formatos e tamanhos.


(Informações colaborativas das revistas CASA CLAUDIA e CASA E JARDIM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário