EDITOR CHEFE : Alexandre França
EDIÇÃO E FOTOS EXCLUSIVAS : André Reis
ILUSTRAÇÕES : Elizabeth Shimaru, Hélio de Lima
COLABORAÇÃO : Vânia Beatriz A. Vilela

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

"O belo e o sagrado"

por Rejane Paiva

As vezes é preciso ver outros mundos para entender o que está bem debaixo do nosso nariz.


No Duomo de Pisa (Itália), ouvi melhor dois mineiros que eu muito prezo: Adélia Prado e Bartolomeu Campos de Queirós. A primeira diz que "a palavra foi inventada para ser calada. É só depois que se cala que a gente ouve. A beleza de uma celebração e de qualquer coisa, a beleza da arte, é puro silêncio e pura audição". Ali, dentro daquela magnífica catedral, entendi definitivamente o que ela quis dizer com “a beleza da liturgia e dos templos não é um luxo, mas uma necessidade vital”.

E foi ainda ali que lembrei-me de Bartolomeu - esse outro grande escritor de Minas que aos poucos vou descobrindo, que diz que  “a beleza é tudo aquilo que você não dá conta de ver sozinho”. É preciso partilhar com alguém que nos ocorre imediatamente ao pensamento: Fulano tinha que ver isso! Então, antes que saia do meu total estado de deslumbramento, partilho com vocês aqui no blog um pouco do que vi por lá.


Um comentário:

  1. Vou manter o silêncio para poder ouvir, as imagens falam brilhantemente.

    ResponderExcluir