EDITOR CHEFE : Alexandre França
EDIÇÃO E FOTOS EXCLUSIVAS : André Reis
ILUSTRAÇÕES : Elizabeth Shimaru, Hélio de Lima
COLABORAÇÃO : Vânia Beatriz A. Vilela

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

"RECICLAR, REDUZIR, REAPROVEITAR"

por André Reis - Casa de Ideias

Estamos todos cientes de como o lixo é um grande problema ambiental, e como o seu volume cresce a cada dia.

Em 76% dos municípios brasileiros o lixo é armazenado de forma incorreta, essa inadequação causa doenças, a contaminação dos lençóis de água, poluição do ar entre outros.

Então as palavras do momento são reciclar e coleta seletiva, porque grande parte deste lixo pode ser reaproveitado. Coleta seletiva não é simplesmente reciclar, mas também pensar em como reduzir e reaproveitar.


Em 2 de agosto de 2010 o governo lançou a lei 12.305, lei de resíduos sólidos, não entendo muito de leis, mas essa ai prevê o fechamento até 2014 de todos os lixões do país e a criação de aterros sanitários controlados.

Não tenho ideia até onde isso também será responsabilidade de nós, “simples mortais”, mas se cada um começar a pensar nestas três palavrinhas, que são RECICLAR, REDUZIR E REAPROVEITAR, o planeta vai agradecer e em resposta teremos grande melhoria na qualidade de vida.


Em Uberlândia as secretarias municipais de Serviços Urbanos e Meio Ambiente, criaram um projeto de coleta seletiva que já funciona em alguns bairros.

Para aqueles que se interessarem, saibam que dia e horário o caminhão passa em seu bairro. Esperamos que isso ocorra em toda a cidade. 


Segunda-feira
Tibery, Dona Zulmira, Jardim Patrícia, Luizote, Mansour e Centro*
Terça-feira
Santa Mônica e Segismundo Pereira
(da Av. Anselmo Alves dos Santos até Av. Segismundo Pereira)
Daniel Fonseca, Martins, Bom Jesus e Osvaldo Resende
Quarta-feira
Fundinho, Tabajaras, Dona Zulmira, Jardim Patrícia, Luizote, Mansour e Centro*
Quinta-feira
Santa Mônica e Segismundo Pereira
(da Av. Segismundo Pereira até a Av. João Naves de Ávila)
Finotti, Martins, Bom Jesus e Osvaldo Resende
Sexta-feira
Roosevelt e Centro*
* A Coleta Seletiva no Centro é realizada após as 18h.





2 comentários:

  1. André,apesar dos inquestionáveis avanços provocados pela legislação, o fato é que o poder público ainda "engatinha" e tropeça na administração de políticas públicas realmente eficientes para resultados mais rápidos e eficazes quanto à reciclagem. O programa de reciclagem de nosso município, por exemplo, é ainda muito insignificante considerando o crescimento populacional da cidade. Nós, cidadãos, claro, podemos e devemos fazer mais. O seu post mostra mais um caminho, parabéns. Mas, permita-me um adendo. Acrescentaria a reduzir, reciclar e reaproveitar...educar, educar e educar!

    ResponderExcluir
  2. Muitos não tem o hábito de separar o lixo reciclável do orgânico.
    Dá trabalho. É muito mais fácil jogar tudo em uma lata só.
    Mas, ai que está. Por causa do mais fácil é que o ser humano destrói a natureza e polui o meio ambiente. É mais fácil fazer queimadas do que preparar o solo. É mais fácil jogar o lixo pela janela do carro do que guardar para acondicioná-lo mais tarde e etc...
    Há 15 anos eu não tinha consciência ecológica no que se refere à reciclagem. Mas, meu filho, na época, com 7 anos disse: "Não Pai" quando joguei uma caixa de pasta de dente no lixo comum. Ele me explicou o que aprendeu na escola. Então passei a separar o lixo embora as prefeituras ainda não estão totalmente preparada para recolher. Pelo menos faço a minha parte e alivio a carga do catador, ou melhor, reciclador que passa pelas ruas.

    www.cchamun.blogspot.com.br
    Histórias, estórias e outras polêmicas

    ResponderExcluir