EDITOR CHEFE : Alexandre França
EDIÇÃO E FOTOS EXCLUSIVAS : André Reis
ILUSTRAÇÕES : Elizabeth Shimaru, Hélio de Lima
COLABORAÇÃO : Vânia Beatriz A. Vilela

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

"Poupar x Ganhar"

por Aline Cintra


Agora que já sabemos como controlar os gastos e utilizar adequadamente o cheque especial e o cartão de crédito, já é hora de pensar no futuro.

Quais ações podemos tomar para nos resguardar no futuro, porque a previdência com seu déficit crescente não anda muito confiável, mas este é um outro assunto. E também para fazer uma aquisição de um bem, viajar... A escolha será mais saborosa se o recurso já estiver disponível lá no futuro sem outras preocupações...

A primeira ideia que vem na cabeça de um Brasileiro quando se fala de guardar ou investir dinheiro é a poupança.

Muito bom, se você já consegue poupar já é um ótimo progresso, mas será que a poupança realmente lhe traz o retorno esperado?

Com as novas regras para este tipo de investimento adotadas neste ano pelo governo, devemos começar a pensar em outras alternativas.

O Sistema Financeiro tem um leque extenso de produtos de investimento, mas a conjuntura atual do mercado financeiro brasileiro e mundial exige estudo, disciplina e parcimônia mesmo para aqueles investidores com perfis mais ousados.

A opção mais conservadora depois da poupança são as aplicações em títulos de renda fixa com taxas pré ou pós fixadas com base na variação Selic, elas tem um rendimento um pouco maior do que a poupança mas é preciso prestar atenção nas regras de resgate pois existe a incidência da alíquota de Imposto de Renda que é inversamente proporcional ao prazo de resgate.

Cuidado com os fundos de investimento, principalmente esses que fazem sorteios, porque utilizando um raciocínio bem simples, o valor usado para a compra dos prêmios para serem sorteados saem de onde? Dos rendimentos do fundo, ou seja, o seu rendimento, e mesmo que você tenha uma sorte danada estatisticamente não conseguirá ganhar todos os prêmios.

O mercado de ações sendo bem utilizado pode trazer os retornos mais rentáveis dentre os investimentos mais acessíveis citados, apesar de ainda estar sendo descoberto pelos brasileiros, que ainda tem muito medo de entrar nessa área, devido a todo um histórico de falta de incentivo e educação financeira, porém nosso Sistema Financeiro hoje é muito bem estruturado, fiscalizado e seguro, o que diminui o risco, mas não o exclui.

Existe risco sim no investimento em ações, porém estudando a empresa que se pretende investir, estudando o histórico das ações, buscando informações sobre as tendências econômicas e financeiras torna-se mais segura e desafiadora a operação, considerando que a corretora contratada dará suporte a todas essas dúvidas e indicará o investimento mais adequado de acordo com o perfil do investidor.

As ações de Governança Corporativa a que todas as empresas de capital aberto estão submetidas fazem com que todas as informações necessárias estejam acessíveis a todos os acionistas e futuros pretendentes, todas as informações contábeis e financeiras estão disponíveis nos sites, geralmente em Relações com Investidores.

Porém o dinheiro é seu, e só você sabe a forma que ele será utilizado de acordo com as suas necessidades então é melhor acompanhar e entender as orientações dos corretores. 

Um comentário:

  1. Excelentes dicas financeiras. Parabéns pelo artigo muito interessante sobre o assunto.

    ResponderExcluir