EDITOR CHEFE : Alexandre França
EDIÇÃO E FOTOS EXCLUSIVAS : André Reis
ILUSTRAÇÕES : Elizabeth Shimaru, Hélio de Lima
COLABORAÇÃO : Vânia Beatriz A. Vilela

sábado, 4 de agosto de 2012

“Bonecas de pano”

por Mara França.



Bonecas de pano: reconhecendo aspectos da minha identidade visual é uma pesquisa em artes visuais, mais precisamente em poéticas visuais, que aborda temas das artes e assim como a produção de alguns artistas da contemporaneidade.

Quando se fala em arte contemporânea não é para designar tudo o que é produzido no momento, e sim aquilo que nos propõe um pensamento sobre a própria arte ou uma análise crítica da prática visual. Como dispositivo de pensamento, a arte interroga e atribui novos significados aquilo que produzimos. A partir deste pensamento é que busquei uma proposta de trabalho, na memória de uma infância vivida e construindo a minha identidade artística, reprocessando linguagens daquela época, aprofundando uma pesquisa  poética.


A construção das bonecas de pano como arte, passou a ocupar o espaço de uma invenção crítica em que buscava, desde a infância, para construir a minha identidade na qual me formei hoje.


Neste contexto, o trabalho a ser desenvolvido diz respeito à memória. Nele será realizada a produção de bonecas de pano. Que terão em algumas partes, impressões fotográficas do meu corpo, e outras em tecidos transparentes terá enchimentos de objetos que lembrará esta memória. O questionamento desde trabalho surge desde a infância, quando nem sabia o que queria dizer “fazer artístico”. Começo a construir minha vida através da produção das bonecas feitas pela minha vizinha. Este universo das artes me persegue e me encanta. 


A boneca de pano está associada a uma ludicidade, porém ligada a mulher, no sentido da construção da família que quando criança é um objeto que expressa questões ligadas a esse universo feminino da reprodução.


Esses objetos que proponho, fazem com que as minhas lembranças se tornem mais presentes dando sustentação para minha produção poética. Assim essa série de seis bonecas trata se do questionamento vivido que hoje reconheço como a construção da minha identidade como mulher, mãe e esposa.



Nenhum comentário:

Postar um comentário