EDITOR CHEFE : Alexandre França
EDIÇÃO E FOTOS EXCLUSIVAS : André Reis
ILUSTRAÇÕES : Elizabeth Shimaru, Hélio de Lima
COLABORAÇÃO : Vânia Beatriz A. Vilela

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

"COMO ALGUÉM TEM CORAGEM DE CORTAR UMA ÁRVORE?"

por Alexandre França

A ignorância de muitos parece persistir em tempos de tão alardeada era tecnológica. Será que estamos de fato em momento de progresso? E o que isso significa? Nossas árvores, talvez o maior patrimônio coletivo do planeta andam cada vez mais desprezadas. Grande parte das pessoas não convivem mais com elas. Tão habituados a encarar tudo na vida como “produto”, não percebem mais que elas são co-habitantes desse planeta, e talvez mais necessárias à ele do que nós. Uma “urbanisse” burra acha que pode ir cortando árvores porque “sujam a calçada”, ou “não combinam com a fachada”, ou outros tantos “ous”. Isso para nem dizer dos desmatamentos absurdos, áreas gigantescas arrancadas para que o tal progresso chegue. Para além de mesquinhos interesses particulares ou oficiais em nome de um equivocado futuro, o fato é que estamos ficando cada vez mais insensíveis. Pouquíssimos se levantam contra tais situações, para todos os veículos de comunicação isso não gera público, nas redes sociais a preferência é pela exposição de fofocas e situações fúteis à conscientização desse triste panorama. Se plantar uma árvore se associa ao ato de ter um filho, o que estamos fazendo com nossas árvores é o reflexo de como estamos tratando nossos idosos.













Nenhum comentário:

Postar um comentário