EDITOR CHEFE : Alexandre França
EDIÇÃO E FOTOS EXCLUSIVAS : André Reis
ILUSTRAÇÕES : Elizabeth Shimaru, Hélio de Lima
COLABORAÇÃO : Vânia Beatriz A. Vilela

quarta-feira, 9 de abril de 2014

"TREPADEIRAS FLORIDAS"

por Jardim do Coração

Uma de suas funções é conferir mais privacidade aos ambientes, com o preenchimento de muros, treliças, pérgolas, paredes e cercas-vivas. Isso sem falar que, com a graça do verde, é possível suavizar a paisagem e proporcionar um toque de cor e aconchego às construções. As trepadeiras são sempre uma boa opção para embelezar qualquer jardim, do mini ao enorme, seja qual for o estilo. Elas se desenvolvem de maneira oportunista – no bom sentido, é claro -, caminhando sempre em busca de espaço e iluminação adequada. Carinho, para elas, é solo bem nutrido. Cuidado é um suporte adequado, uma rega periódica, uma poda regular. Dessa forma, elas podem crescer à vontade, em qualquer direção e com muita flexibilidade, até alcançar o ponto onde estejam banhadas pelo sol e prontas para brilhar.







Antes de escolher uma trepadeira, pergunte a si mesmo quais são as suas intenções com ela. No momento da escolha, o desejo pessoal é super importante. Só não vale deixar de pensar no que você tem a oferecer para a planta, isto é, nas condições locais para o seu desenvolvimento: clima, tempo de exposição ao sol, estrutura de suporte e qualidade do solo.







Tenha em mente que a recompensa não será imediata. A gente não se cansa de ver aquelas fotos de pergolados maravilhosos, com flores que se derramam e arrancam suspiros. Mas para realizar este sonho é necessário ter muita dedicação e planejamento. As trepadeiras não crescem do dia para a noite. Mas quando crescem, ninguém as segura! É preciso mantê-las sob controle com podas regulares. É preciso planejar o espaço para o crescimento da planta.








E o mais importante: escolha a planta certa. Pense no suporte que você tem a oferecer (muro, treliça, cerca etc) e verifique se é o ideal para a trepadeira que balançou seu coração. Vocês nem imaginam a dor de cabeça que é uma trepadeira descontrolada! Ela pode quebrar calhas e vigas de uma casa, destruir muros e fugir totalmente do controle. Avalie a altura e a extensão da espécie, veja como são suas raízes e considere o local onde será plantada. Pense bem e escolha com carinho.



Nenhum comentário:

Postar um comentário