EDITOR CHEFE : Alexandre França
EDIÇÃO E FOTOS EXCLUSIVAS : André Reis
ILUSTRAÇÕES : Elizabeth Shimaru, Hélio de Lima
COLABORAÇÃO : Vânia Beatriz A. Vilela

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

"CARROS ALEGÓRICOS"

por Alexandre França

A ideia de colocar elementos em um veículo motorizado, que levanta pessoas e objetos acima do nível da rua e que podem andar em cortejo é bem antiga. Remonta antigas paradas civis ou militares espalhadas pelo mundo em várias épocas. No Brasil, a partir do início do século XX as agremiações carnavalescas entenderam que esse recurso seria perfeito para se casar com a vontade de um desfile que unisse som, samba, e impacto visual. Assim os carros alegóricos surgem como grande parte das Escolas de Samba. Ao longo dos anos, foram virando imensas esculturas, dos mais variados materiais e formas, tamanhos e intenções. Já tive o prazer de ver alguns ao vivo nos desfiles cariocas. Peças ora inventivas como as do carnavalesco Paulo Barros, ora de fino acabamento como as criadas pela carnavalesca Rosa Magalhães. Independente de onde, por quem e como são criados, sempre são capazes de encher os olhos que quem se aproxima.


















Nenhum comentário:

Postar um comentário