EDITOR CHEFE : Alexandre França
EDIÇÃO E FOTOS EXCLUSIVAS : André Reis
ILUSTRAÇÕES : Elizabeth Shimaru, Hélio de Lima
COLABORAÇÃO : Vânia Beatriz A. Vilela

terça-feira, 25 de junho de 2013

"ESTRELAS DO MAR"

por Alexandre França


Pouco sabemos sobre as estrelas do mar. Sua aparência doce e singela pode nos enganar. São animais marinhos e carnívoros pertencentes à classe dos equinodermos, que se caracterizam por ter um esqueleto calcário sobre a pele. Apesar da sua aparência inofensiva, são conhecidas como sendo animais vorazes e predadores.


Seu corpo apresenta características diferentes, ou seja, tanto pode ser liso, granulado ou apresentar alguns espinhos bem salientes e por vezes venenosos, que servem como proteção (principalmente no caso dos ouriços-do-mar) contra os seus predadores. Em algumas espécies é possível verificar ainda a existência de pequenas pinças que têm como função a defesa e a limpeza da superfície corporal.


O corpo da estrela-do-mar é formado por um disco central e a grande maioria das espécies têm cinco braços, no entanto há algumas que chegam a ter 40, o que significa que o número de braços varia de família para família. Estes animais têm grande poder de regeneração, ou seja, se um braço for ferido ou amputado, nasce um novo no seu lugar.


Apesar do seu corpo ser duro e rígido, e poder ser partido em várias partes, a verdade é que a estrela-do-mar tem grande flexibilidade de movimento, conseguindo dobrar-se e girar os seus braços, sem que qualquer movimento fique comprometido no seu espaço aquático.


Tanto o seu tamanho, como a sua cor também variam de espécie para espécie, mas por norma têm entre 12 e 14 centímetros, podendo no máximo atingir um metro de diâmetro; no que respeita à cor apresentam cores vivas e brilhantes como o vermelho, o azul ou o laranja, podendo muitas das vezes serem luminescentes.




Nenhum comentário:

Postar um comentário