EDITOR CHEFE : Alexandre França
EDIÇÃO E FOTOS EXCLUSIVAS : André Reis
ILUSTRAÇÕES : Elizabeth Shimaru, Hélio de Lima
COLABORAÇÃO : Vânia Beatriz A. Vilela

quinta-feira, 2 de maio de 2013

"IGREJA DO ROSÁRIO DE UBERLÂNDIA"


por Alexandre França 

Muitas vezes quando viajamos, nos dispomos a conhecer o que as cidades e locais têm a nos oferecer. Podem ser igrejas, parques, prédios históricos entre outros. Mas poucos acham tempo pra frequentar ou em muitos casos até mesmo conhecer os atrativos que nossas próprias cidades possuem. As desculpas podem ser inúmeras, mas posso afirmar que não saber sobre esses lugares é empobrecer nossa vida cultural e social. Quando nos damos conta de como é gostoso e significativo valorizar o que nos pertence, estamos fortalecendo nossa prática de cidadania.

Hoje a sugestão vai para a Igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito em Uberlândia. As informações abaixo foram transcritas do site da prefeitura de Uberlândia.


A Igreja do Rosário se constitui referência para a cultura local não só porque abriga a Festa em Louvor a Nossa Senhora do Rosário e São Benedito mas, também, por ser o prédio religioso mais antigo no espaço urbano de Uberlândia.

A primeira edificação de uma Igreja do Rosário na cidade foi pensada em 1876, para ser executada na atual Praça Doutor Duarte, por isto o lugar ficou conhecido na época como Largo do Rosário. Em 1891, o Sr.Arlindo Teixeira, membro da Comissão Procuradora da Irmandade de Nossa Senhora do Rosário, propôs uma mudança de endereço para a construção da Capela. Desta forma, ela foi iniciada em 1893 em um terreno vago que atualmente se denomina Praça Rui Barbosa que, naquela época, eram lotes que estavam afastados do centro urbano.


Era uma construção modesta, com estrutura autônoma de madeira e fechamento em tijolos de adobe, frontispício voltado para o antigo ribeirão São Pedro. Contava com três portas, sendo uma central mais larga e, duas laterais, além das janelas com balaústre de madeira recortadas no nível do coro.


Nos anos seguintes, o centro urbano cresceu geograficamente, e as imediações da Igreja do Rosário torno-use um lugar no qual as famílias tradicionais começaram a edificar suas residências. Existia um descontentamento da população com aquela construção que era considerada acanhada. Desta forma, por iniciativa de Cícero Macedo, formou-se uma comissão encarregada da construção de uma nova Capela que fosse “mais condizente com a época”. A comissão conseguiu recursos da população local e viabilizaram entre os anos de 1928-1931 a construção da nova Capela que foi inaugurada em maio de 1931.


Anualmente é celebrada a Festa do Congado, que reúne centenas de membros da Irmandade de Nossa Senhora do Rosário. Nesses dias, as imagens de São Benedito e de Nossa Senhora do Rosário são preparadas em seus andores para que possam abençoar a festa. Essa festa é uma das mais representativas da cultura afrodescendente de Uberlândia.



Um comentário:

  1. Ale, realmente temos que fazer mais "tours" na nossa cidade! Ela tem tantas riquezas e nem percebemos! :)

    ResponderExcluir