EDITOR CHEFE : Alexandre França
EDIÇÃO E FOTOS EXCLUSIVAS : André Reis
ILUSTRAÇÕES : Elizabeth Shimaru, Hélio de Lima
COLABORAÇÃO : Vânia Beatriz A. Vilela

sexta-feira, 24 de maio de 2013

"CRIANÇANDO 4 - Meu filme, seu filme"

por Fernanda de Oliveira

Todos, quando crianças, tivemos um “filme que mais vimos na vida”. Um que nos fez voltar ao cinema várias vezes ou implorar “ mãe coloca de novo!” E de novo e de novo...

Como se quiséssemos reaver aquela primeira sensação.

Te convido a recordar agora aquela fase em que decorávamos cada cena do filme preferido, que recitávamos as falas e até sonhávamos com os figurinos! E que gritávamos em susto “Essa parte é a melhor”!

Qual é o SEU filme?

Neste exercício de rebobinar a si mesmo, torna-se fácil entendermos de quais fontes surgiram o que somos. Por isso que adoro começar uma história com “quando eu era pequena...” ! Minha memória, minha aliada...


No meu caso, não tenho noção de quantas vezes assisti The Sound of Music (Noviça Rebelde). Milhares talvez, “globalmente” dublada e regravada em uma fita Vhs já gasta por inúmeras novelas!


Imagino eu que tenho o privilégio de ainda me lembrar exatamente da primeira vez que o vi! Nos meados dos meus oito anos, como calmante, seguido do tradicional “Vê se dorme”. Mas chegando a hora do casamento da Maria e Capitão Von Trapp (não querendo ser spoiler) minha avó, espertinha, desliga a TV e fala: “Acabou! Pra cama Paula e Fernanda”.


Fui dormir obediente, com a noção e excitação de ter visto o “meu filme”. A sensação era de ter me encontrado, de ter me visto, como se tudo o que eu gostaria em humor, música e inocência fosse possível de se assistir.

No dia seguinte a surpresa não me coube, contada em uma cara bem lavada!


Eu ainda tinha uma hora ou mais de filme! Que sonho é esse em que você pode ver a Branca de Neve casada em sua vida já no castelo, ou a Mary Poppins em sua casa nas nuvens? Ou ver o dia-a-dia feliz do Senhor Gepeto com um menino de verdade?.... Dá pra imaginar....


Quem sabe essa magia toda a mais seja um dos motivos pelos quais alguns de nós vivem assim cantando, dançando e escalando seus sonhos...


Fraulein Maria trouxe música à vida do Capitão Von Trapp e minha avó para a minha.




Nenhum comentário:

Postar um comentário